6 de dez de 2008

PURUFICAÇÃO E MORTIFICAÇÃO PARTE 3




Autor:Dave Roberson


Lidando com a Raiz – "Não com o Fruto Ruim"!

        Deus usou uma casa em um bairro perto de onde eu moro para me ensinar sobre este assunto. Todos odeiam esta casa. Ao andar por este bairro refinado, de repente você vira a esquina e se depara com uma casa depauperada.
        Você encontra lixo empilhado pelo quintal até a altura dos joelhos. A casa está em péssima condição de pintura. A tela da porta está despencando. A grama está alta. Diversos carros velhos sem pneus espalhados por todo canto. Tudo isso no meio de um bairro muito requintado!
        Todos os vizinhos estão furiosos com o homem que mora naquela casa, mas, ninguém o convenceu a fazer qualquer coisa sobre a aparência dela. “Eu moro aqui muito antes que quaisquer casas destas fossem construídas,” ele diz, e se recusa a mudar.
        Um dia, ao passar de carro por aquela casa pensei, Oh, meu Senhor, que bagunça! Então, o Espírito Santo aproveitou a oportunidade para me ensinar algo. Falou ao meu espírito dizendo, “Você sabia que a parte de fora daquela casa é o retrato exato daquele homem que mora nela?”
        Puxa! Com esta nova revelação em minha mente, a primeira coisa que quis fazer, quando cheguei em casa, foi cortar meu gramado!
        Mas, veja, o Espírito Santo estava apontando um erro que a maioria dos cristãos comete: Eles estão sempre tentando colher o fruto ruim da árvore de suas vidas, sem antes lidar com a raiz que gerou o fruto ruim!
        Por exemplo, as pessoas normalmente são coagidas através das emoções a responder a um chamado para o altar. “Corra aqui e ponha todos os seus frutos ruins no altar”, o pregador diz. Então, elas se ajoelham e pensam, tudo bem, eu não vou mais bater em minha esposa. Eu não vou mais tomar bebida alcoólica.
        Assim, elas colhem seus frutos ruins, colocam-nos no altar, e vão para casa. É bom que elas se arrependam e assumam um compromisso com Deus de nunca mais cometer tais pecados. Contudo, tem um grande problema. Se elas não lidarem com a raiz do problema – aqueles bloqueios espirituais escondidos dentro delas na escuridão – os frutos ruins, simplesmente, crescerão provamente.


Força de Vontade versus Mortificação pelo Espírito.

        Você não consegue descobrir a raiz das obras carnais em sua vida por vontade própria. O Espírito Santo é o Único que pode sondar o mais profundo íntimo do coração para encontrar a raiz. Assim, Ele edifica o seu espírito humano nascido de novo para levantá-lo e levar os feitos da carne para a morte, diariamente. Esta é a razão pela qual o batismo no Espírito Santo ocorre no espírito humano – porque é de lá que sai toda mudança permanente.
        Eu estou no ministério há mais de vinte e cinco anos, e descobri que as pessoas não conseguem mudar sozinhas. Por exemplo, quando eu dediquei de novo a minha vida ao Senhor, naquela igreja ultra-Santa, as pessoas pregavam para mim, toda hora, sobre o que eu tinha que ser e o que eu tinha que fazer. Elas me diziam para desistir do pecado e me deram uma lista do que eu podia ou não fazer.
        Mas, só quando descobri como liberar o poder do Espírito Santo de dentro de mim é que fui capaz de levar à morte todos os feitos carnais daquele velho homem. Então, finalmente, finalmente, Jesus, o Homem de Compaixão, pôde começar a ter as rédeas de minha vida.
        Veja, a mente natural somente está acostumada com mudanças através da força de vontade. Você sabe o que significa força de vontade? É quando você tenta o máximo que pode para se disciplinar contra o problema usando sua própria vontade. “Não pecarei mais. Não pecarei mais”, você diz rangendo os dentes. Mas, mesmo tentando ao máximo, algumas vezes você simplesmente não consegue quebrar o hábito carnal, usando a força da sua própria vontade.
        Por outro lado, a mortificação através do Espírito é o processo pelo qual o Espírito Santo se levanta de dentro de você para destruir as amarras que a carne tem sobre você. Em vez de o pecado lhe dominar, você ganha domínio sobre ele!


A Carroça na Frente dos Bois.

        Como liberamos aquele poder de dentro de nós para mortificar os feitos da carne? Já vimos que em Romanos 8:26 está a resposta:


"Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo
Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis."


        Então, a chave que libera o poder do Espírito Santo em nossas vidas, em um nível pessoal, para mortificar os feitos da carne é a linguagem sobrenatural de línguas.O Espírito Santo diz, “Com licença, eu gostaria de lhe ajudar. Se você Me deixar interceder por você com gemidos inexprimíveis, Eu quebrarei as amarras daqueles bloqueios que estão no caminho, impedindo que
        A igreja ultra-Santa que eu freqüentava quando jovem, não entendia aquela chave. Ela ensinava a você receba o que há de melhor de Deus”. doutrina das “três obras da graça” – a primeira obra era ser salvo, depois santificado (que significa ser separado da imundície do mundo), e então cheio do Espírito Santo. Eles me diziam:


 “Você precisa nascer de novo”.
“Obrigado, mas eu já nasci de novo”.
“Agora, você precisa se santificar”.
“Santificar-me do quê?”, eu perguntei.
“De fumar, beber, mascar fumo – e todo este tipo de coisas”.
Só então poderei receber o Espírito Santo?” Eu perguntei.
“Sim”!
“Você quer dizer que eu não posso ser salvo primeiro, depois ser cheio do Espírito Santo e depois ser santificado?”
“De jeito nenhum! Você acha que Deus batizará um fumo?”
“Ah”, eu disse. “Acho que não”.


        Mas, aquelas pessoas tinham colocado a carroça na frente dos bois! A Bíblia diz que é através do Espírito que você mortifica os feitos do corpo.
        Aquelas pessoas santas me disseram, “Você tem que se tornar bom o suficiente para receber o Espírito Santo”.Elas disseram, “Então você não pode tê-Lo
        Entretanto, apesar do que aquelas pessoas pensavam, eu fiquei cheio do Espírito Santo de qualquer maneira! Uma noite, eu fui para o altar da igreja, e o Espírito Santo veio sobre mim. Pela minha ignorância, eu relutei em falar as palavras sobrenaturais que Ele estava criando dentro de mim.
        Mais tarde, enquanto eu adorava a Deus em casa, o Espírito Santo veio sobre mim de novo. Desta vez, eu levantei minhas mãos e comecei a me entregar a Ele. Eu caí no chão debaixo do poder de Deus e levantei falando em línguas – e tem sido assim, desde então!
        Mas, eu não podia nem mesmo contar para aquelas pessoas da igreja que tinha recebido o Espírito Santo, porque ainda fumava meu cachimbo e assistia Jornada nas Estrelas! Então o Espírito Santo me disse, “Deixe-Me entrar, filho. Eu sou o poder que foi enviado para lhe ajudar em suas fraquezas”.
        Simplesmente, continuei orando em línguas. Continuava fumando meu cachimbo a caminho da igreja aos domingos de manhã. Então, enquanto voltava para casa eu tinha vontade de parar com o vício e jogava fora meu cachimbo pela janela do carro.
        Mas, no dia seguinte, no trabalho, comprava outro cachimbo. Fumava, novamente, na quarta-feira a caminho da igreja para o culto da noite. Então, de volta para casa, jogava-o de novo. O processo de purificação estava bem encaminhado; eu provoquei aquela guerra interna através da oração em línguas!
        Mas, descobri que a mortificação através do poder do Espírito Santo se dá na raiz e então o fruto ruim simplesmente cai. Não sei exatamente quando aquele cachimbo e o mascar fumo caíram da minha “árvore”. Tudo o que eu sei ao certo é que, uma vez que o meu espírito humano nasceu de novo e foi edificado o suficiente no Espírito Santo, a raiz foi atacada e o fruto ruim caiu do galho para sempre. Isto superou tudo que eu já havia visto!


Um comentário:

Fran disse...

Olá querido André! Que prazer ter você constantemente visitando meu blog! Espero que seja sempre assim.

Realmente, devemos abrir nossos corações a Deus, pra que Ele veja onde está a raíz de todos os nossos pecados, e os retire de lá.

Obrigada pela palavra de apóio. Eu estou sentindo cada vez mais forte essa necessidade de separação do mundo e de tudo que nele há.

Um grande abraço! E que Deus te use cada dia mais! (:

Fran - www.HEIRESS.zip.net